logo

O que é um Centro Municipal de Línguas Estrangeiras

O Centro Municipal de Línguas Estrangeiras (CMLE) é uma iniciativa que resulta da Cooperação Transfronteiriça entre o Coração Delta - Associação de Solidariedade Social e a Associação de Universidades Populares da Extremadura.

É um espaço municipal que visa a igualdade de oportunidades no acesso à formação de línguas ESTRANGEIRAS como ferramenta necessária para enfrentar os desafios de uma sociedade globalizada, para a melhoria dos níveis de empregabilidade e para a igualdade no acesso ao emprego.

Trata-se de uma estratégia de desenvolvimento local e social orientada - numa primeira fase - aos municípios de regiões do interior, aproximando, inclusive, de forma inovadora o ensino certificado de línguas ESTRANGEIRAS aos municípios de baixa densidade populacional. Numa segunda fase, pretende-se estender esta iniciativa ao resto de municípios de Portugal.

O programa académico do CMLE desenvolve-se segundo o Quadro Europeu Comum de Referências para as Línguas (QECRL). O QECRL foi criado pelo Conselho da Europa, em 2001, com o intuito de harmonizar os níveis de aprendizagem das línguas no espaço europeu. Trata-se de uma ferramenta europeia que serve para medir o nível de compreensão/expressão oral/escrita de uma determinada língua, isto é, o nível de conhecimento da mesma.

NIVEL SUBNIVEL
A
(utilizador elementar)
A1(inicial)
A2(básico)
B
(utilizador independente)
B1(intermédio)
B2(independente)
C
(utilizador experiente)
C1(eficaz)
C2(estruturado)

O CMLE é uma iniciativa municipal, é um centro educativo municipal, implementado na localidade de forma estratégica pela Câmara Municipal, com a colaboração de outras entidades locais e supralocais.

É um espaço de ensino-aprendizagem aberto a qualquer pessoa que queira desenvolver competências comunicativas em Línguas Estrangeiras.

UM PROJETO PROMOVIDO POR
COM A COLABORAÇÃO DE